A maioria das dores de cabeça que sofrem, são tensionais, para algumas pessoas, os ambientes carregados, como o fumo do cigarro ou um cheiro forte, que provocam dores de cabeça. Para outros, o excesso de stress ou falta de sono é o suficiente para ser a consequência, e de acordo com alguns especialistas, até 30% dos pacientes com dor de cabeça são afetados pelos alimentos que consomem. Por isso, para evitar dores de cabeça é importante que não consumas alimentos que contenham tiramina, corantes e aditivos, entre outros. -Os queijos com mais idade e mais velhos têm uma grande quantidade de tiramina, por isso você deve evitar consumir queijos como o Parmesão, queijo azul, Cheddar, Feta, Mozarella, queijos suíços e fundidos para mencionar alguns. São considerados fatores de dores de cabeça, já que os alimentos envelhecidos, são os que mais contêm tiramina. -A cerveja e os vinhos tintos envelhecidos contribuem por sua condição de ter elevadas quantidades de tiramina, que aumentam o fluxo de sangue para a cabeça, o que leva a aumentar a dor. A gente costumava culpar os sulfitos de dores de cabeça, que são os compostos que são adicionados ao vinho, para parar a fermentação e que atuam como conservantes, outros pensam que são os taninos, responsáveis pela liberação de serotonina, um neurotransmissor responsável por dores de cabeça e outros às histamínicos, mas o certo é que não foi possível determinar a causa exata. -Opte por frutas frescas e evita, em troca, os alimentos lácteos fermentados, banana, passas de uva, abacate, figo, mamão, berinjela, sopas e carnes, enlatados, alimentos em conserva, bolos, sorvetes e pães recém-assados. Limita-se a cafeína, o chocolate e a soja. -Evite o excesso de nitritos, que estão presentes em presunto e bacon, em altas concentrações, os corantes alimentares são outros os que produzem dor de cabeça, por isso é conveniente que a ler a informação das etiquetas peresentes nos alimentos. O mesmo acontece com o glutamato monossódico, presente em comida chinesa e as batatas fritas. Fonte Imagens ThinkStock.