Na hora de diagnosticar corretamente qual o tipo deinfección vaginal se trata, é importante saber se é uma infecção por leveduras, uma infecção bacteriana –Gardnerella vaginalis– ou trichomonas, que ainda podem apresentar sintomas semelhantes, como a comichão e corrimento vaginal, o cheiro, a espessura da descarga e a acidez vaginal são diferentes em cada infecção, e cada uma delas requer um tratamento diferente. São muito importantes para a saúde vaginal, os probióticos. O lactobacillus é a principal cepa de bactérias na vagina que ajuda a manter um ambiente ácido e evita que proliferen as bactérias indesejadas e o aumento das leveduras. A nutrição afeta a saúde vaginal e o fato de fazer funcionar o sistema imune. Para prevenir as infecções por fungos, é importante ter uma dieta com um baixo teor em alimentos refinados, como são os carboidratos e açúcares, evitar o álcool, os ácidos graxos trans, açúcar e alimentos processados, e consumir uma dieta rica em alimentos integrais, com elevado teor em vegetais, cereais integrais, carnes brancas magras e pequenas quantidades de frutas. Comer alho pode ser útil em infecções por fungos, sejam elas agudas ou crônicas, devido às propriedades antifúngicas do mesmo. Para fomentar um ambiente vaginal saudável, é importante comer diariamente iogurte sem açúcar ou tomar um suplemento de lactobacillus, que além de ajudar a combater as infecções com maior eficiência. Em infecções crônicas por leveduras, é fundamental evitar alimentos fermentados. Evita o fermento em pó e o mofo que contêm os alimentos, como bebidas alcoólicas, queijos, nozes e amendoins. Uma grande quantidade de legumes, frutos secos como as nozes, grãos integrais, carnes sem processar e chás de ervas, você pode incluir em sua alimentação, quando você tiver uma infecção vaginal. Fonte Imagem