O inchaço do estômago e dor podem ser muito desconfortáveis, já que a inflamação faz com que a roupa fique apertada, e pode até mesmo causar dificuldade para respirar. Além disso, pode ocorrer inesperadamente e pode se acompanhar de dor e fazer com que aumente a ansiedade. A eliminação dos alimentos que produzem gases podem ajudar a reduzir a flatulência intestinal e, portanto, eliminar a inflamação do estômago e dor. Se os gases não diminuem, terá de reintroduzir o alimento e evitar outro alimento suspeito. É essencial beber pelo menos dois litros de água todos os dias e manter um diário de alimentos que consome. Comefrutas frescas e legumes não flatulentas, e praticar exercício físico pelo menos três vezes por semana. O aumento de peso pode ser um fator que favorece a inflamação e a dor de estômago, por que perder peso pode ajudar a se livrar de alguns sintomas, como inchaço e dor. É importante reduzir o consumo de alimentos processados, refrigerantes e álcool, assim como o consumo de gordura, que pode causar dor e inflamação do estômago, a restrição da ingestão de sal pode ter um efeito positivo em algumas pessoas. Você pode usar plantas medicinais, como o gengibre, que é muito eficaz para o sistema digestivo, aumenta os líquidos digestivos e neutraliza o ácido e a erva-doce e hortelã são bons recursos para tratar a acidez. Há que se destacar que a distensão abdominal é o resultado de gases presos no estômago e nos intestinos. Alguns alimentos são mais difíceis de digerir e podem causar um excesso de gás que pode acumular-se no sistema digestivo, causando arrotos, poroduciendo gases e inchaço. Alguns dos alimentos flatulentos são a couve-flor, bebidas carbonatadas, feijão, repolho, brócolis, algumas frutas e doces, embora a distensão pode também ser o resultado da deglutição de ar, produzido pelo chiclete ou comer muito rápido. Fonte Imagem: miramb/sxc.hu