O verão é a estação mais esperada do ano para a maioria das pessoas, já que nos traz bom tempo, dias mais longos, descanso, férias e o bronzeado com o que sonhamos durante todo o inverno. No entanto, a chegada do verão costuma trazer associada a altas temperaturas e ondas de calor que podem chegar a ser muito prejudiciais para a saúde. E é que o calor além de broncearnos e deixar um look de verão, pode causar desidratação, queimaduras solares e, até mesmo, golpes de calor. Quando as temperaturas são elevadas, o organismo perde líquidos e sais minerais a um ritmo muito mais elevado do que o habitual, o que pode chegar a provocar um golpe de calor, cujos principais sintomas são: dores intensas de cabeça, tonturas, náuseas, desmaios, sono, falta de energia e até mesmo convulsões. Para evitar os efeitos nocivos do sol é importante ter em conta uma série de dicas que nos serão de grande utilidade: – Sempre Consultar a previsão do tempo, sobretudo, entre os meses de junho e setembro. – Quando estivermos na rua, há que tentar andar pela sombra sempre, deste modo, evitar exposições prolongadas ao sol, que são a principal causa de insolação. – A hidratação é fundamental, já que o excesso de calor que recebemos afeta todo o nosso corpo. No verão as nossas necessidades de hidratação aumentam devido as altas temperaturas. Por esse motivo, precisamos tomar mais líquidos, seja com água ou outras bebidas, bem como alimentos ricos em água, como podem ser sopas frias, frutas e legumes. Se saímos fora, há que tentar levar sempre uma garrafa de água com nós. Você tem que beber pelo menos dois litros de água por dia. Pelo contrário, há que evitar o máximo possível as bebidas com cafeína, ricas em açúcar e álcool. – Evitar sair nas horas de mais calor. Se o calor está pegando forte, é preferível ficar em casa, fechar as portas e as janelas e ligar o ar condicionado ou o ventilador. – No verão, nunca se deve deixar ninguém em um carro estacionado com as janelas fechadas, porque se estaria correndo um grave perigo, em especial se se tratar de crianças ou idosos. – Apesar de que o esporte sempre é benéfico para a saúde, no verão, há que impedir o exercício ou qualquer atividade física nas horas de mais calor, que são normalmente entre as 12h00 e as 18h00. Os momentos mais indicados para fazer esporte é pela manhã ou pela tarde-noite. Do mesmo modo, há que manter-se adequadamente hidratado antes, durante e depois do exercício. Ao fazer o exercício, você tem que beber em pequenos goles a cada 20 minutos. Não há que consumir grandes quantidades de água de uma só vez, ao terminar o exercício, já que isso pode causar náuseas e vômitos. – No verão, há que usar peças de verão que nos permitam manter "fresquitos". É o caso das bermudas, saias, chinelos, t-shirts, calções, etc., Há que optar por tecidos finos e leves como o algodão, nylon. É recomendável também não usar roupas em cores escuras, pois estes atraem o calor. – Você tem que proteger sempre a pele e usar loção solar. Além de evitar problemas futuros muito graves para a pele, nos ajudarão a levar melhor as altas temperaturas e evitar sofrer um golpe de calor. – Devemos prestar atenção também à dieta. Vamos tomar alimentos ricos em líquidos e em sais minerais, como podem ser as frutas e produtos hortícolas. Do mesmo modo, há que evitar refeições pesadas que provocam digestões lentas e peasas. – Há de se extremar as precauções em crianças menores de três anos, idosos e doentes, já que são os grupos mais expostos aos efeitos adversos do calor.