O sistema digestivo é essencial para o bom funcionamento do organismo, já que permite que o nosso organismo obtenha os nutrientes e a energia que precisa a partir do que comemos. É por isso que é muito importante que prestamos a devida atenção e nos preocuparmos com ele desde que somos pequenos. Além disso, com o passar dos anos, o cuidado deve ser maior, já que os órgãos, ao igual que o resto de sistemas, vão envelhecendo. Causas como: maus hábitos alimentares, falta de exercício ou problemas como o estresse e a ansiedade podem provocar o aparecimento de problemas que afectam o nosso sistema digestivo, como prisão de ventre, diarreia, gases, refluxo gastroesofágico, a indigestão e até mesmo algumas doenças que afetem qualquer um dos órgãos que formam o aparelho digestivo. Levando uma vida saudável e tendo em conta uma série de dicas para cuidar dele, poderemos ajudar de uma forma muito significativa a manter o sistema digestivo jovem e, por isso, encontrar-nos muito melhor. – Ingerir Fibras Recomenda-Se tomar cerca de 3 gramas por dia, já que a fibra vegetal faz com que parte da água que ingerimos se retenha na parte final do intestino grosso. Isso permite que as fezes mais moles, o que favorece a defecação. – Tomada de frutas e legumes cada dia São fundamentais, já que nos proporcionam água, fibras, vitaminas e minerais. Componentes necessários para o organismo e que ajudam a manter um sistema digestivo forte. Os especialistas apontam que a quantidade certa é de 5 peças por dia. Além disso, alguns alimentos como o arroz, a batata, as maçãs, figos ou o pão contêm substâncias que protegem a mucosa parada cardiaca. – Consumir azeite de oliva Ajuda a reduzir a acidez do estômago, tem efeitos anti-inflamatórios. Além disso, é rico em vitamina E, que tem um claro componente anti-envelhecimento. Também se pode tomar como laxante se tomar duas colheres de sopa no café da manhã. Também não nos podemos esquecer que o ácido oleico, que contém melhora a função do pâncreas e melhora a absorção de minerais. – Beber bastante água A água é parte fundamental do nosso organismo, pelo que o seu consumo é totalmente necessário. A quantidade diária recomendada é de 1,5 a 2 litros. Além disso, ajuda a combater a prisão de ventre e facilita a digestão. Você pode tomar tanto nas refeições ou fora delas. – Não se deve excluir o leite Em muitas ocasiões, deixa de tomar o leite, pois não a toleram bem, em concreto a lactose. No entanto, o leite é fundamental, porque é uma das maiores fontes de cálcio. Se apresenta intolerância, sempre se pode optar por tomar leite de baixa lactose. – Realiza exercício Sempre é recomendável para a saúde fazer exercício de forma diária, por seus inúmeros benefícios, mas também favorece a digestão e o trânsito intestinal. – Limitar o consumo de alimentos ricos em gorduras Alimentos como carnes gordas, enchidos, ovos ou queijos curados provocam digestões pesadas e realizam um grande aporte calórico, por isso que o seu consumo tem que ser sempre limitado. – Fazer cinco refeições por dia Desta forma, você estará distribuindo a ingestão de alimentos, de forma que nunca se realiza refeições pesadas e, por conseguinte, evita sobrecarga ao sistema degenerativo. Além disso, estamos dando ao organismo um traz contínuo de energia – Controlar os gases Se não se mastiga bastante e devagar os alimentos, a longo prazo, causa uma série de problemas no processo digestivo. Há que evitar mascar chicletes e refrigerantes, já que aumentam a distensão abdominal e provocam uma maior secreção ácida. Do mesmo modo, há que moderar o consumo de doces e alimentos ricos em amido (repolho, couve-flor, brócolos...) já que provocam muitos gases.