Necessidades nutricionais do organismo Quando ingerimos alimentos, ou seja, quando comemos, não só raramente nós sate nos nosso apetite e desfrutamos com isso, mas que estamos trazendo para o nosso organismo os nutrientes de que necessita para a vida. Os nutrientes são substâncias que o corpo humano necessita para realizar diferentes funções e que só pode adquirir através dos alimentos. Assim, os objetivos da alimentação são: Para poder garantir uma correcta alimentação primeroque há que saber é o quanto de energia e nutrientes, ele precisa do nosso corpo, e onde os podemos encontrar. Necessidades energéticas do organismo Para que os processos do corpo humano ocorra é necessária uma troca de energia. Nossa energia vai proceder dos hidratos de carbono, das gorduras e das proteínas dos alimentos que ingerimos. As necessidades energéticas de um indivíduo são a quantidade de energia que deve ingerir para compensar o gasto calórico. As proteínas São os principais elementos estruturais das células e tecidos do organismo, ou seja, são responsáveis pela construção do corpo humano e que são a base sobre a qual se formam os ossos e os músculos. As proteínas são necessárias para o crescimento e desenvolvimento do corpo: As proteínas são constituídas por aminoácidos, e as encontramos, principalmente, em leite e derivados, ovos,carnes ypescados. Também as leguminosas,cereais e frutos secos têm proteínas, embora de menor valor biológico. Recomendação: Devemos contribuir entre 12-15% das calorias totais da dieta através das proteínas. As gorduras As gorduras ou lipídios fornecem ao organismo, fundamentalmente, energia e são essenciais para o bom funcionamento do organismo: No entanto, de acordo com o tipo e a quantidade de gordura que devemos consumir, os lipídios podem ser nossos aliados ou um dos principais inimigos da saúde. Por isso é fundamental saber que tipos de gordura existem, e o quanto devemos ou podemos consumir. As gorduras são divididas em: As gorduras insaturadas, que ajudam a reduzir os níveis de colesterol LDL ("ruim") e aumentam o HDL ("bom"). São gorduras cardio saudáveis" e se relaciona com efeitos preventivos e terapêuticos em outras doenças, como o câncer, doenças inflamatórias da pele. Seu consumo é especialmente importante para mulheres grávidas, crianças e idosos. Os carboidratos são a principal fonte de energia alimentar em todo o mundo, sobretudo nos países em vias de desenvolvimento. São avaliados pelo seu potencial de energia, o seu poder adoçante e o seu alto conteúdo em fibra. Os carboidratos da dieta devem ser provenientes de diferentes fontes de alimentos. Recomendação:Os hidratos de carbono devem fornecer entre 50 e 55% da energia da dieta. As vitaminas são micronutrientes que, apesar de serem necessários em pequenas quantidades, devem ser fornecidos pela dieta. Não só são importantes, pois sua carência provoca doenças, mas porque contribuem para a prevenção de doenças crônicas de alta prevalência, como as cardiovasculares, câncer e até mesmo processos de envelhecimento. Os minerais desenvolvem importantes funções reguladoras no organismo. A fibra é um conjunto de substâncias de origem vegetal, em sua maior parte hidratos de carbono, que não se dissolvem no processo da digestão. Distinguem-Se dois tipos principais: Recomendação: recomenda-Se consumir entre 25 e 30g diárias de fibra, uma vez que está comprovado o seu papel protector contra a hiper ldl, diabetes, obesidade, doenças do cólon e até mesmo alguns tipos de câncer. Em crianças, recomenda-se uma dose de 0,5 g por kg de peso. Assim, todos os nutrientes desempenham funções essenciais no organismo, muitas das quais têm um impacto direto na nossa saúde.