Tomar ácido fólico pode evitar sérios e comuns defeitos de nascimento, conhecidos por defeitos do tubo neural (defeitos de nascença no cérebro e a medula espinhal. Por exemplo, espinha bífida e anencefalia). Se as mulheres grávidas soubessem disso e se suplementaran com ácido fólico, muitas crianças com estes problemas nasceriam saudáveis. O ácido fólico é uma vitamina de grande utilidade ao longo de toda a vida, desde o período de gestação até a idade adulta. Também chamado de folato é uma vitamina do grupo B, essencial para a divisão de todas as células do corpo e a produção de DNA e RNA, o material genético da vida. De forma natural, podemos encontrá-lo em suco de laranja, vegetais com folhas verdes e feijão. Desde janeiro de 1998, o FDA exigiu que o ácido fólico seja acrescentado à alguns produtos derivados do trigo, como pães, cereais e massas. O ácido fólico funciona nos processos celulares do desenvolvimento fetal, por isso, ajuda a prevenir defeitos do tubo neural. Os defeitos do tubo neural ocorrem em um a cada 1000 nascimentos, por isso os consideramos defeitos comuns, mas muito sérios. Esses defeitos acontecem quando o tubo neural, o qual é formado pelo cérebro e a coluna vertebral, não se fecha corretamente. O ácido fólico apoia a fusão normal do tubo neural. "Se tomamos ácido fólico, o processo normal de encerramento espinhal termina" de Acordo com o Dr. Donald R. Mattison, ex-diretor médico da March of Dimes Births Defects Foundation. Os defeitos do tubo neural incluem anencefalía e espinha bífida. De acordo com o The March of Dimes, o risco de que aconteça este tipo de defeito pode ser reduzido em 70%, se as mulheres consumam uma quantidade adequada de ácido fólico antes e durante a gravidez. Outros estudos sugerem que o ácido fólico pode prevenir mais de 50% dos defeitos congênitos em geral, incluindo o lábio leporino e palato fendido. Se você está pensando em ter um filho é recomendável começar a tomar ácido fólico com antecedência, já que é nas primeiras semanas de gestação, quando se forma o tubo neural. No entanto, a metade das gestações não são planejadas, por isso é recomendado a todas as mulheres em idade fértil tomar 400mcg de ácido fólico diariamente. Outras boas fontes desta vitamina são o espinafre, brócolos, espargos, suco de laranja, gérmen de trigo e produtos de grãos enriquecidos (massas, arroz, cereais...) Esta vitamina B versátil ajuda a manter níveis adequados de homocisteína, um aminoácido que, em quantidades elevadas danifica os vasos sanguíneos e aumenta o risco de doenças cardiovasculares. O ácido fólico é fundamental para gerar energia e manter um corpo saudável. É imprescindível para criar novas células e fundamental para as mulheres em idade fértil, como anteriormente mencionado. Diversos estudos têm demonstrado que, junto com a vitamina B12 e B6 ajudam a manter a pele saudável e jovem. O Ácido Fólico é geralmente um membro de multivitamínicos, contribuindo para proporcionar uma grande variedade de micronutrientes benéficos para a nossa saúde.