A lombarda ou couve lombarda, é um vegetal da família do repolho, e, por sua vez, é uma variedade de couve cuja característica mais conhecida é a sua cor violeta. Um pigmento conhecido como antocianina é o causador dessa cor. À semelhança do que acontece com muitas outras verduras, conta com um grande número de propriedades nutricionais. Em especial, é um potente antioxidante, graças a um composto natural cisteína, diferindo que contém, por isso, que se torna uma grande aliada da nossa saúde, ajudando a prevenir o aparecimento de um grande número de doenças. É, além disso, um excelente alimento para dietas de emagrecimento, já que tem um alto conteúdo em água, uma baixa quantidade de gordura e proporciona muito poucas calorias. É também uma importante fonte de vitaminas, minerais e fibra. É, portanto, um alimento com um grande número de propriedades benéficas para a nossa saúde. Sua importância como antioxidante vem dada por sua riqueza em vitaminas C e E, minerais, em especial zinco, selênio e enxofre-, e traz antocianinas e beta-caroteno. Há que se lembrar que os antioxidantes neutralizam o efeito nocivo dos radicais livres, que são os responsáveis pelo envelhecimento e intervêm em diferentes doenças, como o câncer, as doenças cardíacas e alguns transtornos, como a artrite. Por tudo isso, é muito importante comer lombarda. Como já observamos, a lombardia é rica em vitamina C, pelo que o seu consumo é muito benéfico para a visão, a pele, o aparelho respiratório e o ouvido. O seu conteúdo esta vitamina é tal, que uma ração de esta verdura nos ajuda a cobrir as necessidade diária recomendada de vitamina C. A couve lombarda tem também propriedades laxantes. Isso é porque é rica em fibras, por isso seu consumo é um excelente remédio natural para combater a prisão de ventre. Ajuda também a controlar a glicemia em pessoas diabéticas e a reduzir os níveis de colesterol no sangue. Por último, há que destacar que esta hortaliça é rica em fitoquímicos, como os isotiocianatos e os glucosinolatos. Em particular, demonstraram as propriedades dos isotiocianatos para prevenir o câncer. Esta mesma substância lhe confere a lombarda de propriedades antibacterianas, expectorantes e balsâmicas.