A conjuntivite é um dos problemas oculares mais comuns. É uma inflamação ou infecção da conjuntiva, que é a membrana mucosa que reveste o interior das pálpebras e que se estende até a parte anterior do globo ocular. É dada a todas as idades, em ambos os olhos e praticamente todos sofremos em uma ou mais ocasiões em nossa vida. A conjuntiva é a primeira parte do globo ocular, que fica exposta a bactérias e outros processos irritativos provenientes do exterior. As lágrimas são as encarregadas de protegê-lo contra os agentes externos. A conjuntivite pode ser provocado por diversas causas, como alergias, bactérias, fungos, parasitas, doenças, presença de corpo estranho, o mau uso de lentes de contato ou lentes de contacto, traumas ou exposição a certos tipos de componentes químicos. Em função de sua origem, classificam-se em conjuntivite alérgica, conjuntivite infecciosa (a mais comum), conjuntivite irritativa e tóxica. Há que ter especial cuidado com as conjuntivites virais, já que são muito infecciosas, daí a importância da prevenção, que passará sempre por uma boa higiene para não estender a conjuntivite. É importante não compartilhar os cosméticos para os olhos, toalhas ou lenços, limpar adequadamente as lentes de contato, não tocar os olhos com as mãos, lavar as mãos de forma regular e trocar as capas das almofadas com bastante frequência. Os sintomas podem variar em sua tipologia e intensidade em função do tipo de conjuntivite, mas, de forma geral, podemos suspeitar de que esta patologia se sofremos algum ou vários dos seguintes sinais: – Vermelhidão dos olhos – Fotofobia ou sensibilidade à luz – Aumento do lacrimejamento * Os 3 sintomas se manifestam de uma maneira geral, em qualquer tipo de conjuntivite, enquanto que os seguintes dependerão da causa que a gerou: – Dor de olhos – Sensação de areia nos olhos – Coceira intensa no sojos – Visão turva – Crostas que se formam nas pálpebras à noite Se houver um ou vários destes sintomas durante vários dias, há que consultar o médico. Com um tratamento correto, o problema desaparece em poucos dias. Lembre-se que sempre há que cuidar da saúde de nossos olhos, para evitar problemas mais sérios.